Tendências da Fotografia em 2019

Tendências da Fotografia em 2019

Marisa Costa
2019-08-22
O que está na moda fotografar? As selfies já eram. Apesar de ainda serem usadas por algumas pessoas, já não são tendência. Descobre neste artigo o que realmente deves fotografar.

Consciencialização social e ambiental

Dar visibilidade a causas humanas e ambientais tem sido o objetivo de muitos fotógrafos profissionais. A consciência social tem falado mais alto e a divulgação destas fotografias tem aumentado nas redes sociais. Refugiados, incêndios e, recentemente, o estado do planeta Terra, mais concretamente, o excesso de plástico nos oceanos. Estas temáticas chocam a sociedade e por vezes a realidade apresentada é devastadora. A fotografia é utilizada como “arma” para sensibilizar e consciencializar a sociedade.


Drones

As fotografias aéreas tiradas por drones são cada vez mais usadas. O preço dos equipamentos têm vindo a tornar-se mais acessível, mas não ainda para todas as carteiras. São fotografadas paisagens naturais, cidades e até pessoas. A verdade é que com os drones é possível fotografar cenários de maiores dimensões, remotos ou de difícil acesso. É preciso ter um especial cuidado e atenção às restrições legais de certos sítios, assim como nunca perturbar ou danificar a fauna e a flora.


Fotografias verticais para um público vertical (redes sociais)

Mais de metade do tráfego da internet vem dos smartphones, por isso a fotografia teve que adaptar-se ao formato vertical para deste modo ser “consumida” com mais facilidade. A qualidade das câmaras dos telemóveis melhora de dia para dia e muitas delas têm vindo a surpreender. Mesmo sabendo que a orientação afeta a composição da foto e o resultado final poderia ser melhor na horizontal, já são vários os fotógrafos que adotaram as fotografias verticais. Sabem que se torna desconfortável para os utilizadores ter que rodar o telemóvel para ver uma foto. Uma das opções seria adaptar e recortar as fotos na horizontal para que se possam enquadrar no formato das redes sociais, mas a desvantagem é que poderia tirar a essência da mesma.


Fotos panorâmicas e em 360°

Estas fotografias permitem que se veja um pouco mais do que o tamanho do ecrã. As panorâmicas são conhecidas como fotografias de grande formato, porque realmente não têm o formato padrão e alcançam um campo de visão superior. São maioritariamente utilizadas para fotografar paisagens. As fotos em 360º possibilitam uma visão em todos os ângulos, normalmente quando aparecem nos ecrãs o utilizador tem que mover o telemóvel ou arrastar setas para a esquerda e para a direita.


Street style

Várias bloggers, instagramers e figuras públicas tiram diariamente fotografias aos seus outfits, só que na rua. Uma das ocasiões onde o trânsito pára e são cortadas estradas para se tirar fotos é na semana da moda. Quando vires o hashtag “#ootd” já sabes que a foto se refere ao Outfit Of The Day. O problema é que às vezes nem tudo corre bem. Primeiro as condições atmosféricas, depois o facto de serem locais públicos que fazem com que existam sempre pessoas e ainda, quando é necessário posar para vários fotógrafos ao mesmo tempo e a probabilidade de uma foto ficar bem é muito reduzida.

Portanto, sair bem nas fotos não é tarefa fácil. Exige treino e concentração. Quer das modelos, quer do fotógrafo. É necessário captar a melhor foto e um segundo pode fazer a diferença.


Busca pela autenticidade

Imagens falsas e editadas inundam a internet. De facto, o Photoshop já foi um grande “inimigo” das pessoas. Por vezes a perfeição da imagem manipulada sobrepõe-se à imagem real e o resultado final é desagradável, podendo até originar notícias falsas. Para combater essa situação, a tendência é criar fotografias espontâneas e naturais. Apelar à emoção, ao choro e ao riso. Estimular sensações. Hoje em dia muitos fotógrafos preferem fotografar na rua do que em ambiente estúdio. Procuram algo mais natural e não forçado.   


Nas Redes Sociais

Fazendo um apanhado do que mais se vê nas redes sociais, podemos destacar: comida e pratos gastronómicos, produtos de várias marcas apelando ao consumo, animais de estimação e ainda, para quem tem filhos, mostrar a rotina diária das crianças, assim como alguns produtos e brincadeiras. O “baby boom” que se tem visto nestes últimos 2/3 anos tem vindo a despertar a curiosidade dos usuários e principalmente no Instagram são várias as fotografias de bebés. Bebés a dormir, bebés a comer, bebés a tomar banho, bebés e mais bebés. A técnica de derreter corações tem sido na realidade uma forma de angariar seguidores.