A arte da boa educação

A arte da boa educação

Marisa Costa
2019-07-26
Muitos empresários avaliam a postura dos seus funcionários. A simpatia e a educação são muitas vezes características que podem fazer com que seja aceite ou despedido de um emprego. Dizer “bom dia” não basta.

Todas as regras que se pretendem transmitir às crianças também se aplicam aos adultos. Apesar de muitas vezes se desleixarem, o papá e a mamã é que devem dar os exemplos. Numa empresa é exatamente igual. Os líderes e gestores devem ser exemplos a seguir. Mas estes exigem certas qualidades dos seus colaboradores.



Discurso

  • Pede e agradece. Dizer obrigado(a) e se faz favor. Estes são realmente os primeiros passos. O mais básico. Não pode falhar nunca! Atenção que os homens dizem obrigado e as senhoras dizem obrigada. A tendência é toda a gente dizer obrigado, mas para ser mais correto deve ser adequado ao género.
  • Cumprimenta e despede-te das pessoas. Felicitar com um “bom dia” ou “boa tarde” é quase obrigatório. Para te sentires mais à vontade na empresa necessitas de criar laços. Mas de forma controlada e respeitadora. O facto de cumprimentar alguém deixa-te sempre bem visto(a).
  • Conversa subtil - Tens um patrão mesmo exigente ou um colega chato e não sabes como os despachar? Calma, não os vais tratar mal! Aprende a lidar com todas as situações, sejam boas ou más, mas de forma educada. 
  • Olha diretamente para as pessoas quando estás a falar. Não olhes para os teus colegas ou para o chão. Parece que estás desinteressado e aborrecido com a conversa. Principalmente se estiveres a falar com o teu chefe ou algum cliente, esse olhar pode sair-te caro.
  • Não interrompas os outros quando estão falar. Não gostarias que te fizessem o mesmo, certo? Há-de chegar o momento para te pronunciares. Aguarda. Lembra-te que quem espera sempre alcança.


O que fazer

  • Ser discreto. Não dês muito nas vistas. Na tua maneira de falar, agir e até vestir. O facto de não estares com roupas adequadas, pode ser considerado uma ofensa para muitas pessoas. Adequa o vestuário ao teu local de trabalho e função.
  • Regras de etiqueta. Sim, aquelas que a tua mãe e a tua avó te diziam quando eras pequeno(a)! Se almoçares no local de trabalho tem cuidado com os modos.  Comer de boca fechada, não apoiar os cotovelos na mesa, cruzar os talheres no final, tudo isso são pontos a teu favor.
  • Tapar a boca quando se tosse ou espirra. Não custa nada pôr a mãozinha à frente pois não? 
  • Bater à porta. Trabalhas num escritório e precisas de ir falar com o teu chefe. Quando chegas à porta do gabinete o que é que fazes? Exatamente, bater. Sinaliza que estás lá. Nunca entres sem autorização. Respeita a privacidade dos outros, para que também respeitem a tua.
  • Respeitar. Tudo e todos. Independentemente das diferenças. Nada de comentários racistas, xenófobos ou críticas destrutivas. 
  • Sorrir. Não vais andar cabisbaixo o dia todo pois não? Tens que mostrar a tua boa disposição. Contagia as pessoas que te rodeiam. Procura motivação e faz do teu trabalho um hobbie. Se estiveres bem disposto vais trabalhar com mais vontade e serás mais produtivo(a).

 

O que evitar

  • Sabia que não se pode virar as costas à rainha de Inglaterra? Então deverá fazer o mesmo ao seu líder. Para além de ser falta de educação demonstra indiferença e 
  • desprezo pelo outro.
  • Conversas pessoais, principalmente pelo telemóvel. Evita falar dos teus problemas ou assuntos que possam causar discórdia. Fofocas são também de evitar.
  • Telemóvel. Se no teu trabalho não tens nenhuma função que implique utilizar o telemóvel pessoal, não o faças. Também é aconselhado evitar o telemóvel à refeição. Preza pelo diálogo e convívio.
  • Perturbar os colegas ou superiores. Tens que mostrar que és autónomo. Não estejas sempre a perguntar isto e aquilo. Desenrasca-te!
  • Mascar pastilha elástica. Pode não ser exatamente falta de educação, mas que fica mal, fica. Evita ao máximo. Principalmente se estiveres a falar com alguém.



Como dizia o Padre António Vieira , "A boa educação é moeda de ouro: em toda parte tem valor". Onde quer que estejas e independentemente do teu trabalho, nunca te esqueças dela em casa.